Em julho de 2016, a Secretaria Municipal de Finanças e Desenvolvimento Econômico de São Paulo lançou o aplicativo Fiscalização Cidadã.

O aplicativo permite que as pessoas façam exatamente o que o nome sugere: fiscalizem e denunciem casos de sonegação fiscal ou irregularidades fiscais relativas ao Imposto sobre Serviços (ISS) e ao cadastro do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), por exemplo. E caso um estabelecimento se negue a emitir a Nota Fiscal de Serviço Eletrônica (NFS-e) ou o faça com irregularidades, o cidadão pode denunciar essa ocorrência à Prefeitura, de modo anônimo, através do aplicativo.

BulletOutros casos na área de Transparência e Participação Popular