Segurança e Cidadania

Convergência Digital

Um novo relatório da Kaspersky Lab indica alguma redução no volume de spams no primeiro trimestre deste ano, embora esse tipo de mensagem indesejada ainda tenha representado 56% de todo o tráfego de e-mails. É, porém, um pouco menos que os 59,9% medidos no último trimestre de 2016.

Além disso, segundo a Kaspersky Lab, parece que cibercriminosos estão diversificando as ferramentas, diante da massificação de filtros de spam – que além de serem mensagens que ninguém quer receber, também trazem em muitos casos armadilhas de phishing.

Leia em: http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=45072&sid=4