Fonte: O Globo
Clarissa Pains

Atendimento é gratuito à população e está inserido em um estudo científico

Mulher participa do projeto “Livre para voar”, no Instituto de Psiquiatria da UFRJ – Divulgação

RIO — É raro alguém não conhecer sequer uma pessoa que deixe de visitar parentes distantes ou desista de oportunidades de emprego porque tem medo de viajar de avião. De fato, segundo o laboratório de estresse e sociedade da Universidade de Reims, na França, esse tipo de fobia atinge de 10% a 40% da população mundial de adultos. Por isso, o Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) iniciou nas últimas semanas um serviço gratuito de tratamento para o problema, com ajuda de realidade virtual. O paciente coloca um óculos próprio para o sistema, dentro de uma sala do instituto, e “vive” cada uma das experiências de uma viagem aérea: a espera no saguão, o check-in, a entrada no avião, possíveis turbulências e situações afim.

Leia em: https://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/ufrj-inicia-servico-que-trata-medo-de-aviao-com-realidade-virtual-21698110