Fonte: iPNews

As indústrias consultadas tiveram uma média de 0,52 pontos (em uma escala de 0 a 1), demonstrando que o desafio está na utilização correta das ferramentas já implementadas

A TOTVS anuncia os resultados de um estudo inédito, encomendado para a H2R Pesquisas Avançadas, voltado a identificar o grau de produtividade dos ambientes tecnológicos relacionado ao uso de ERP e de outros sistemas de gestão das indústrias brasileiras para suportar as demandas associadas à Indústria 4.0. O levantamento gerou o Índice de Produtividade Tecnológica (IPT), que concluiu que, em uma escala de 0 a 1, as manufaturas instaladas no Brasil atingiram uma média de 0,52 pontos. O que demonstra que ainda existe um longo caminho para que essas empresas utilizem melhor tecnologias de sistemas de gestão (ERP) para aumentar a performance e melhorar a gestão do negócio.

Indústria Guararapes atualiza data center com plataforma hiperconvergente

O estudo entrevistou 800 profissionais responsáveis pelas áreas de TI de indústrias instaladas no Brasil, com faturamento acima de R$ 5 milhões e atuantes em sete setores: bens de consumo, bens duráveis, metal-mecânica/plástico, têxtil/vestuário, química/reciclagem, extrativismo/beneficiamento e papel/celulose. A análise, realizada entre março e maio de 2019, avaliou dois grandes indicadores essenciais para a produtividade dos ambientes tecnológicos: Prontidão Atual e Performance.

Leia em: https://ipnews.com.br/primeira-edicao-do-indice-de-produtividade-tecnologica-releva-que-empresas-brasileiras-estao-pouco-preparadas-para-a-industria-4-0/