Rio do Sul recebe projeto piloto que dá mais autonomia para cidadão

A tecnologia está fazendo os cidadãos de Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí, irem cada vez menos à prefeitura em busca de documentos ou serviços. Desde final de fevereiro, a cidade tem projeto piloto que quer dar mais autonomia aos moradores, servidores públicos e gestores municipais: o Portal de Autoatendimento. A novidade está baseada na computação em nuvem — uma das formas mais modernas e seguras de armazenar, processar e disponibilizar informações.

Portal de Autoatendimento - Rio do Sul

O portal pode ser acessado pelo próprio endereço da Prefeitura de Rio do Sul na internet. O site vai centralizar todos os serviços oferecidos pelas entidades de forma fácil e dinâmica. Para acessá-lo, o usuário terá um login que pode ser criado online. Dessa forma, ele terá uma área personalizada vinculada à sua conta, semelhante ao internet banking de instituições financeiras. O sistema consegue “reconhecer” o usuário a partir do login realizado – ou seja, já são apresentadas as opções de serviços mais utilizadas por ele e/ou que vão ao encontro das características de seu cadastro.

“Ao acessar o portal, o morador já pode solicitar os principais serviços que mais geram demanda interna, como o corte de árvores, vagas em creches ou escolas, licenciamento para a construção civil, emissão de Certidão Negativa de Débitos ou guias de recolhimento de tributos, como o IPTU”, diz a coordenadora do Portal de Autoatendimento da IPM Sistemas, Pâmela Eichholz. A empresa, catarinense, é especialista no desenvolvimento de soluções para a gestão pública baseadas em cloud computing. Além destas funções, o sistema fornece alertas sobre débitos do cidadão com o município, contribuindo com a arrecadação.

Como a nova plataforma atende a todos os públicos que interagem com a prefeitura, há categorias de serviços voltadas aos moradores, empresas, fornecedores e servidores públicos. Os empreendedores, por exemplo, podem realizar tarefas que vão desde a emissão de guias para o recolhimento do Imposto Sobre Serviços (ISS) Eventual até o envio de uma proposta de licitação. Outro grupo de funções permite que os servidores públicos solicitem licenças, acompanhem processos seletivos e peçam transferências.

Em breve, o Portal de Autoatendimento será disponibilizado para outras cidades que já utilizam o Portal do Cidadão. A atualização é simples e rápida, feita pela internet.