Portal ABES

Objetivo é mapear tecnologias, produtos, serviços e soluções

Pesquisa - Mapa Brasileiro de IoT

O MCTIC lançou nesta terça-feira (6), uma nova consulta para subsidiar o Plano Nacional de Internet das Coisas, em construção pelo governo federal. As contribuições serão usadas na elaboração de um mapa de empresas e instituições científicas e tecnológicas (ICTs) que ofertam tecnologias, produtos, serviços e soluções de IoT no Brasil.

O prazo para participar da pesquisa (disponível aqui) é até o dia 16 de junho. As companhias deverão fornecer informações como a quantidade de empregados, os produtos criados, a qual setor as aplicações são destinadas, entre outras. Já as ICTs deverão abastecer a base de dados com as suas competências em tecnologias aplicáveis a IoT, o número de projetos realizados e a quantidade de pesquisadores envolvidos em atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D), por exemplo.

“Nosso objetivo é construir um atlas da Internet das Coisas no Brasil, identificando tudo que já vem sendo realizado neste campo e, consequentemente, o que ainda precisa ser feito. Além disso, essa ferramenta vai facilitar muito o intercâmbio de informações e a formação de parcerias entre as empresas e as ICTs, o que será essencial para o desenvolvimento do setor”, afirmou o secretário de Política de Informática do MCTIC, Maximiliano Martinhão.

Estruturado e coordenado em parceria entre o BNDES e o MCTIC, o estudo inclui três fases: diagnóstico e aspiração do Brasil em IoT; definição dos setores prioritários da economia brasileira para receber investimentos necessários para o desenvolvimento de IoT; e formulação de ações voltadas para acelerar a implantação do mercado de IoT no país.