É do Amapá, estado brasileiro da região Norte, a startup OrçaFascio, que desenvolveu a principal plataforma para orçamento de obras do país e que, atualmente, já planeja iniciar operações nos Estados Unidos, Portugal e Angola.  Para isso, ela combina tecnologias de big data, cloud computing, inteligência artificial, 3D e, em breve, 5D – para fazer o orçamento direto da planta.

A empresa foi fundada por Antonio Fascio, um amapaense que começou, ainda adolescente, a ajudar seu pai, que era dono de uma pequena construtora. O negócio familiar foi a inspiração para a nova criação, que começou como um software para orçamentos, e precisou superar a falta de experiência no desenvolvimento de programas, de dinheiro e parceiros.

Um elemento importante no negócio foi o encontro de Antonio com Fábio Santos, programador de sistema que apostou no projeto e virou sócio da startup. A virada do empreendimento finalmente ocorreu após a participação dos dois na Campus Party Recife, em 2014, onde iniciaram a formatação de um plano de negócio e, depois disso, o processo de aceleração na Startup Farm, em 2016.

Hoje em dia, a OrçaFascio é uma plataforma orçamentária fácil de usar, acessada via internet (SaaS – Software as a Service) e capaz de gerar uma economia de até 20% na cotação das obras, já que o sistema possui uma base de dados integrada ao Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI). A plataforma também é ligada a outras bases de dados relevantes para o setor de construção.

A OrçaFascio trabalha com adequação às normas de licitações brasileiras e conta com 1500 clientes ativos, sendo a maior parte deles assinantes. De acordo com o valor pago, é possível acessar a um ou mais dos diferentes módulos da plataforma para: planejar o orçamento da obra; fazer o controle dos materiais no canteiro de obras e/ou analisar o andamento da construção.

BulletOutros casos na área de Negócios