Fonte: Nic.br

Evento será no dia 5 de fevereiro, em São Paulo, com inscrições gratuitas e participação de especialistas de diferentes setores

No dia 5 de fevereiro, Dia Mundial da Internet Segura (SID, Safer Internet Day, em inglês), o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) e o Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), em conjunto com a SaferNet Brasil, promovem encontro em São Paulo para discutir o uso seguro, ético e responsável da rede. Representantes de empresas, da comunidade científica e tecnológica, do terceiro setor, do Governo e especialistas da área jurídica debaterão temas como a desinformação, a alfabetização mediática e a construção de uma Internet mais positiva, entre outros assuntos. O evento é aberto à participação de todos os interessados, que devem inscrever-se por meio do endereço: http://www.safernet.org.br/site/sid2019/. As vagas são limitadas.

O Dia da Internet Segura acontece simultaneamente em mais de 100 países com o envolvimento de indivíduos e organizações, para ações de conscientização, orientação, autocuidado e promoção do uso seguro da Internet, e no exercício da cidadania on-line. No Brasil, mais de 40 atividades já foram identificadas, em diversas cidades, pela SaferNet, que as divulgará durante o evento em São Paulo. Também divulgará estatísticas sobre denúncias recebidas em 2018 pela Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos, especialmente de casos relacionados à cyberbullying, sexting (vazamento de imagens íntimas) e pornografia infantil. No evento ocorrerá o lançamento do livro “Instruções para um futuro imaterial”, de Stefano Quintarelli, traduzido para português pelos pesquisadores Ricardo Abramovay e Rafael Zanatta.

Ainda sob o tema global “Juntos por uma Internet mais Positiva”, as discussões promovidas pelo CGI.br, NIC.br e SaferNet também abordarão temas como a inteligência artificial, segurança digital e o futuro das políticas públicas de educação, as novas iniciativas do setor privado para a segurança digital, bem-estar e engajamento cívico dos usuários, e o bem-estar e saúde emocional em tempos de conexão constante.

“Uma das características importantes do evento é o fato de reunir diferentes visões e perspectivas a partir da participação de especialistas de diversos setores. É uma oportunidade para analisar quais são os principais desafios relacionados ao uso seguro e responsável da Internet, e também para entender o que podemos fazer como cidadãos, e também de forma coletiva, como sociedade”, diz Demi Getschko, diretor presidente do NIC.br.

A partir do portal Internet Segura, o NIC.br reúne materiais educativos produzidos para crianças, adolescentes, pais e responsáveis, pessoas acima de 60 anos, educadores; técnicos e materiais de interesse geral. Entre as publicações mais recentes, estão o Guia #Internet com Responsa Vai às Compras, que detalha os cuidados necessários para uso do comércio eletrônico, e o Guia #Internet com Responsa na sua Sala de Aula, com orientações para os professores sobre uso responsável da Internet. Todos os materiais estão disponíveis gratuitamente para download no portal: https://internetsegura.br/.

“É fundamental debater estratégias que incentivem a produção de conteúdo positivo para ocupar o espaço do discurso de ódio que tem sido persistente e causado danos”, reforça Thiago Tavares, presidente da SaferNet e membro do CGI.br. A SaferNet promove ainda, no Dia da Internet Segura, o programa Youth@SID.br voltado aos adolescentes e jovens de 15 a 29 anos que realizam atividades em suas cidades e ajudam a amplificar as ações de conscientização para uma Internet mais positiva, utilizando as recomendações e dados do Canal de Ajuda, do canal de denúncia, dos materiais educativos e do curso a distância para educadores.

Dados sobre uso seguro da Internet

A recente edição da pesquisa TIC Kids Online Brasil, do CGI.br, do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do NIC.br, aponta que pais e responsáveis cada vez mais empregam estratégias de mediação, que apresentaram um crescimento importante ao longo dos últimos anos. Entre elas, explicar o que os filhos podem fazer caso algo na Internet os incomode ou aborreça (de 37%, em 2012, para 73%, em 2017), ensinar formas de usar a Internet com segurança (de 56%, em 2012, para 79%, em 2017), e ensinar como se comportar no relacionamento com outras pessoas na Internet (de 58%, em 2012, para 84%, em 2017). Acesse a pesquisa na íntegra: https://cetic.br/pesquisa/kids-online/indicadores.

Anote na Agenda
Dia da Internet Segura 2019
Data: 5 de fevereiro (terça-feira), a partir das 9h
Local: Auditório Edifício Bolsa de Imóveis
Av. das Nações Unidas, 11541, Mezanino, São Paulo, SP
Agenda e inscrições: http://www.safernet.org.br/site/sid2019/
Endereço da transmissão on-line: https://www.youtube.com/NICbrvideos

Jornalistas: para realizar o credenciamento, confirme presença com Carolina Carvalho no telefone (11) 3027-0226 ou pelo e-mail: ccarvalho@webershandwick.com; ou Ana Jones no telefone (11) 3027- 0200 r. 312 ou pelo e-mail: ana.jones@webershandwick.com.