Folha de S.Paulo
Everton Lopes Batista
São Paulo

Experiências no Brasil mostram que o uso de grandes quantidades de dados pode ajudar no controle do fluxo do trânsito das cidades e até torná-lo mais seguro.

A paranaense Seebot desenvolveu o Agent, um dispositivo que coleta dados das vias, identifica padrões e fornece previsões para a gestão do tráfego. Os números ajudam a determinar, por exemplo, o tempo que um semáforo deve ficar aberto para melhorar a fluidez em cruzamentos. O produto, finalizado em 2016, está instalado para testes desde novembro em Ivaiporã (cerca de 380 km de Curitiba), no Paraná.

Leia em: http://m.folha.uol.com.br/mercado/2017/02/1861037-big-data-ajuda-a-gerenciar-transito-e-da-pistas-sobre-politicas-publicas.shtml?cmpid=newsfolha