Fonte: Anprotec

Por meio de uma Cooperação Técnica com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Anprotec lançou dia 12 de agosto, em coletiva de imprensa realizada durante o Innovation Summit Brasil, o Mapeamento dos Mecanismos de Geração de Empreendimentos Inovadores no Brasil.

O estudo, que resultou no documento lançado, tem o objetivo de mapear os mecanismos de geração de empreendimentos inovadores, incluindo a identificação e a análise dos impactos das empresas apoiadas.

Ao longo do estudo são apresentados resultados referentes à localização, atividades e perfil de incubadoras e aceleradoras, bem como a identificação da quantidade e o perfil das empresas por elas apoiadas.

O trabalho foi realizado em um período de seis meses, entre 2018 e 2019, por meio de pesquisa quantitativa e qualitativa. A iniciativa envolve, também, os laboratórios abertos, para os quais foi desenvolvida uma tipologia específica.

Responderam à pesquisa 121 incubadoras e 29 aceleradoras, e foram entrevistadas em profundidade doze incubadoras e três aceleradoras. Complementarmente, foram analisados os sítios dos mecanismos na Internet. Com relação aos laboratórios abertos, dada a sua amplitude de escopos e atuação, foi realizada uma pesquisa em publicações e bases públicas, que resultou na proposição de uma tipologia até então inexistente na literatura.

Leia em: http://anprotec.org.br/site/2019/08/anprotec-e-mctic-lancam-mapeamento-dos-mecanismos-de-geracao-de-empreendimentos-inovadores-no-brasil/