Fonte: InovAtiva Brasil

Após uma rigorosa triagem entre 335 inscritas, o InovAtiva de Impacto selecionou 40 startups focadas na área socioambiental para participar do ciclo de aceleração 2020. Durante seis meses, o programa oferecerá digitalmente para essas empresas cursos de capacitação, webinars, treinamento de simulação de pitch (discurso para investidores) com feedback de mentores convidados, workshops e mentorias coletivas e individuais.

As escolhidas estão distribuídas em 13 estados brasileiros, sendo que a maioria se concentra na região sudeste do país (45%), com ênfase no município de São Paulo (25%). Essas empresas utilizam, predominantemente, o modelo B2B (47,5%) e atuam com as áreas de Educação ou Tecnologias Sustentáveis e Verdes (35%).

Apesar de apresentarem métricas de impacto social (70%) fundamentadas em relatório de sustentabilidade socioambiental ou controle direto/indireto do número de beneficiários (86%), o faturamento desses empreendimentos no último ano foi de até R$ 50 mil (42,5%).

Com base nessas informações, o InovAtiva de Impacto vai preparar atividades, que podem ser realizadas de qualquer lugar e no momento mais oportuno, que visam capacitar os participantes nas competências necessárias para o desenvolvimento de um negócio inovador de impacto.

Estas tarefas também servirão para avaliar as startups, pois as 20 que apresentarem melhor desempenho passarão para a segunda etapa, que envolve a apresentação de seus negócios para a maior banca de investidores do país, durante o evento InovAtiva Experience. Nesta ocasião, elas também terão a oportunidade de fazer networking e conhecer possíveis clientes e parceiros.

Para saber mais sobre as startups aprovadas para a primeira etapa do InovAtiva de Impacto, acesse: https://www.inovativabrasil.com.br/aprovadasimpacto2020/