Ao longo do ano de 2016, o Disque Direitos Humanos (Disque 100) recebeu mais de 76 mil denúncias de violações de direitos de crianças e adolescentes. Em seguida desta faixa etária, os públicos que receberam mais violações foram idosos, pessoas com deficiência, público LGBT e presidiários ou pessoas com restrição de liberdade.

Para estimular o engajamento da sociedade brasileira para proteger crianças, adolescentes e quaisquer pessoas em situação de vulnerabilidade, o UNICEF, em parceria com o Ministério da Justiça, mantém o aplicativo Proteja Brasil, que está no ar desde 2013 e foi totalmente reformulado em 2016.

O app permite a realização de denúncias direto pelo aplicativo e localizar os órgãos de proteção mais próximos, além de fornecer informações detalhadas sobre os diversos tipos de violações que podem ser registrados. A plataforma também suporta reportes de locais sem acessibilidade compatível para portadores de deficiência física e de crimes na internet.

Como o sistema é integrado ao Disque 100, todas as denúncias realizadas são devidamente registradas pelo serviço de atendimento do Governo Federal. O Proteja Brasil é compatível com smartphones com sistemas operacionais Android e iOS e está disponível gratuitamente na AppStore e Google Play.

Vídeo:

BulletOutros casos