Um grupo de estudantes de Engenharia Elétrica do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) desenvolveu o projeto de uma chupeta eletrônica capaz de monitorar a temperatura e umidade corporal do bebê. A criação foi apresentada durante a HackBrazil, competição que faz parte da Brazil Conference at Harvard & MIT, e é uma das 20 finalistas brasileiras.

Através da coleta de dados via microcontrolador e sensores, a ideia é que as informações obtidas sejam enviadas via conexão sem fio para os dispositivos móveis dos responsáveis pela criança, de modo a informá-los e alertá-los sobre a presença de alguma possível enfermidade.

Os criadores da chupeta, Adjamilton Medeiros Júnior, Júlio Cézar Coelho e Rychard Guedes acreditam que, além de auxiliar no acompanhamento constante da saúde das crianças, a chupeta é destinada a uma causa ainda maior: a redução da mortalidade infantil.

BulletOutros casos na área de Saúde