A cidade alemã de Mannheim desenvolveu um projeto de smart grid para geração de energia. A técnica consiste em criar um painel com dados das companhias elétricas e produtores para ser utilizado como um guia a fim de aumentar a eficiência da distribuição, além de alertar os donos do negócio – e a população – sobre o consumo de energia, indicando maneiras para torná-lo mais eficiente.

O foco do projeto está no desenvolvimento de uma infraestrutura que seja capaz de interconectar várias necessidades de consumo, envolvendo eletricidade, aquecimento, água e gás, num futuro próximo. A eletricidade, por exemplo, seria oferecida perto do ponto de geração, graça aos painéis instalados diretamente nas casas. Dessa forma, é possível evitar a perda de energia associada ao transporte. Além disso, é possível gerar unidades de armazenamento descentralizadas.

Também foi implementado um sistema que possibilita aos moradores do imóvel conhecer melhor o seu consumo e os pontos nos quais ele mais utiliza energia. Esse mecanismo também permite que os valores para o uso da eletricidade sejam especificados, quando os recursos renováveis estiverem privilegiados (como em dias com muito vento ou ensolarados). Desse modo, as pessoas também podem reduzir o consumo de energia nos momentos nos quais a geração se dá por fontes mais caras e poluentes.